como fazer email marketing

Por que Você Deve Ter uma Lista de Emails

Hey, amigo! Se você quer ter um negócio sólido na internet, você precisa ter uma audiência. Mas mais do que conseguir essa audiência, você precisa retê-la. E uma das melhores estratégias para retenção de público é email marketing.

Imagine fazer centenas de vendas e ter lucros altíssimos enviando alguns emails. Parece louco, mas é mais simples do que você imagina.

Hey! Essa é a sua chance de ter acesso a todos os meus processos e estratégias de venda na internet. Junte-se a mais de 558 empreendedores e profissionais de marketing e receba todos nossos treinamentos, checklists, métodos e muito mais por apenas R$ 1 hoje

Agora imagine um estádio com 20.000 pessoas escutando a sua mensagem. Pessoas que você pode se comunicar diretamente, criar relacionamentos e realizar vendas.

É exatamente essa sensação que você experimenta quando você tem uma lista de emails com pessoas que querem ouvir o que você tem a dizer.

Se você tem um site que recebe algumas centenas de visitas, isso é um bom sinal. Mas se você precisar enviar uma mensagem em massa para todos os visitantes que já passaram por ele, seria possível?

Com a sua lista de emails, você pode enviar uma mensagem para todos que cadastraram no seu site e se comunicar com milhares ao mesmo tempo.

Qual a vantagem disso?

Ora, você retendo a atenção dessas pessoas você consegue ser lembrado, gerar empatia e fazer com que as pessoas comprem de você a sua solução para o problema delas.

Sim, todas as pessoas têm problemas. 

Eu, você, a Anitta, o Trump. Todos temos problemas todos os dias e precisamos resolver.

Algumas pessoas querem emagrecer, outras querem ficar ricas, outras querem aprender a jogar poker. Se você resolve um desses problemas, você pode ser muito bem pago por isso.

E é aí que entra o email marketing, caro leitor.

O processo é bem simples, mas precisa ser feito com maestria. Por isso preste atenção a todas as etapas.

Etapa 1 – Coletando Prospectos

Você tem um site, um canal no YouTube ou uma fanpage no Facebook. Ok, isso é lindo, mas você tem o contato dessas pessoas? Provavelmente não.

Sem contatos, sem ganhos. (inventei agora)

Essa etapa é onde você coleta emails através de um optin. Você oferece algo em troca do email do visitante. Pode ser:

  • eBook
  • Palestra
  • Mini curso
  • Gráfico
  • Planilha

Qualquer coisa que seja consumida rapidamente. Não entregue um curso de 50 aulas. A pessoa não vai assistir e não vai entender qual a mensagem você quer passar. Parece algo contraintuitivo, mas é fato. Nesse momento você deve oferecer algo que ela possa consumir em pouco tempo e dizer “Uau! Por que eu não sabia disso antes?”.

É esse “a-ha moment” que você precisa despertar inicialmente na pessoa.

Depois você irá enviar conteúdos mais densos, mas calma aí, querido leitor e futuro empreendedor de sucesso. Iremos falar disso nos tópicos seguintes.

Veja um exemplo de OptIn que eu uso para captar contatos:

exemplo de pagina de optin

Aqui muita gente erra.

As pessoas querem enfeitar demais essa página colocando milhares de informações e um monte de baboseira. Esquece isso. Eu aprendi com os caras que faturam alto que o simples é o que converte.

Quanto mais informação você colocar aqui, mais distração o usuário vai ter e maiores chances dele ir embora.

FOCO é a palavra de ordem aqui.

A página de optin consiste em 3 pontos importantíssimos:

  1. Título
  2. Descrição
  3. Chamada para ação

O título deve ser o mais chamativo e específico possível. Veja a diferença dessas duas chamadas:

A) Saiba como emagrecer para o verão do próximo ano.

B) Descubra os 3 segredos para perder até 10kg até o verão de 2018.

Qual dos dois desperta mais desejo e mostra especificidade? O B), concorda?

Quando você é específico, a pessoa consegue se imaginar atingindo aquele resultado. Ora, emagrecer é muito genérico. Eu posso emagrecer 1kg ou 20kg.

A descrição deve mostrar rapidamente o que a pessoa vai receber ao colocar o email ali. Nada muito prolixo. Seja direto aqui também. Assim a pessoa vai entender o que lhe espera do outro lado. É um livro? É um curso?

A chamada para ação é onde você dá o ultimato para o visitante. Ou você clica e ganha o presente ou cai fora. Entende? Aqui o visitante só tem 2 opções, então boa parte das pessoas vai decidir colocar o email para ver o que tem do outro lado. Essa chamada não deve ser algo sem sal como “clique aqui”. Po, clique aqui é muito clichê, cara. Usa um “Eu quero meu ebook grátis”, “Sim, eu quero emagrecer para o verão”.

Nota como isso passa poder pro usuário?

Etapa 2 – Sequência de Emails

Aqui é onde você vai persuadir a pessoa a comprar de você. Sabe por que esse processo é chamado de funil de vendas por aí? Porque o topo do funil é larga, ou seja, entram muitas pessoas, mas a base é fina, isto é, apenas algumas pessoas vão, de fato, comprar.

– Vicente, mas quantos emails eu preciso enviar para fazer uma venda?

Essa é a pergunta de um milhão de dólares, mas a verdade é que não existe uma quantidade. Pode ser que no primeiro email você já venda. Pode ser que você só venda depois de enviar 20 emails.

Tudo vai depender do nível de persuasão dos seus textos. A gente fala disso depois.

Mas por via de regra, quanto mais caro o produto que você está vendendo, mais emails você precisa enviar. Se o produto for baratinho, em até uma semana você consegue vender com poucos emails.

É aqui que ocorre todo esse processo automático:

funil de emails

Veja bem.

De um lado entram centenas de pessoas e no outro saem compradores. Eu marquei os compradores com a Tag “Comprou Produto XYZ” para eu saber quem são os clientes e não enviar mais ofertas daquele produto para eles.

Quando eles compram, eles entram em outro funil e podem comprar outros produtos.

Dentro de cada retângulo daquele existe uma sequência de emails. Veja que após a primeira sequência apenas 7 pessoas compraram e depois da segunda sequência 350 pessoas compraram.

Isso acontece porque quanto mais emails elas recebem, mais aquecidas as pessoas estão, ou seja, mais aptas para comprar.

Nesse caso, o produto custava R$ 97 e foram feitas 357 vendas, totalizando R$ 34.629.

Etapa 3 – Automatizar Tudo Isso

Agora que você entendeu como funciona o processo de reter e se relacionar, você precisa deixar isso funcionando 100% no automático para que você consiga vender enquanto curte uma praia ou lava a louça.

Para isso, eu recomendo algumas ferramentas.

Eu uso o OptimizePress para criar as páginas de captura de emails e páginas de vendas. Essa ferramenta me ajuda demais, já que eu não entendo nada de webdesign, muito menos de programação. Eu simplesmente adiciono elementos, arrasto coisas e pronto. Você precisa entender que nos negócios tempo é dinheiro.

Para automatização de emails eu recomendo duas excelentes ferramentas:

  • ActiveCampaign
  • InfusionSoft

As duas são muito boas, mas se você é iniciante, recomendo ir no Active, pois além de ser mais simples é mais barato. O InfusionSoft tem um bom sistema de tags, que facilita organizar os contatos ao invés de separá-los em listas.

Todo esse processo que eu falei aqui está explicado aqui, no meu Sistema Invisível de Vendas. Nesses sistema você vai ver como atrair seus primeiros 1.000 contatos, se relacionar com eles e fazer suas vendas de forma automatizada.

Eu acredito que você tenha entendido a importância de montar uma lista de emails e comece a colocar em prática o quanto antes. O melhor de tudo isso é que você nem precisa aparecer e pode até vender produtos de terceiros, como afiliado. Eu conheço pessoas que vendem muito sem aparecer, apenas enviando emails.

Tem alguma dúvida?

Pergunte para os mais de 500 membros no grupo privado no Facebook do Marketing Boss Academy.

Ainda não é membro do MBAcademy? Saiba mais aqui.

Vicente Sampaio

Empreendedor digital metido a engraçado.

7 thoughts to “Por que Você Deve Ter uma Lista de Emails”

  1. Ótimo texto, vicente! Muitos dizem que e-mail marketing esta morto, mas onde conversando com uma pessoa da família disse que recebe e-mail e já até comprou.
    Eu tenho uma dúvida eu uso egoi por enquanto ele mudou bastante o visual. E eu gostaria de sabe de nesse processo faço a dupla confirmação, pois tem pessoas que coloram e-mail falsos só para pegarem a recompensa ou deixo confirmação simples e coloco um produto de entrada?

    Obrigada por mais um conteúdo de valor!

    1. Oi, Karla. Eu não faço confirmação dupla, pois algumas pessoas não sabem como confirmar e as vezes isso atrapalha o processo. Eu deixo entrar todos os emails e de tempos em tempos eu limpos os que não existem. Assim eu aproveito ao máximo os contatos.

  2. Vicente Sampaio, este é mesmo o tipo de artigo que nós iniciantes precisamos, é de conteúdos deste nível que eu, no meu casa estou mesmo precisando muito, pois daqui pra frente é treinar muito praticando, e tentar fazer as coisas direito. Muito obrigado meu mestre.

  3. Vicente, excelente artigo. Obrigado por compartilhar!
    Fugindo um pouco do tópico, você acha que o melhor caminho para não deixar footprints seria criar perfis fakes nos provedores de registro?

    1. Alguns dizem que não é pra tanto, mas eu sempre crio contas com endereços diferentes pra prevenir. Abraço!

Comentários fechados.